Visão Territorial

Território criativo e gestão inovadora serão discutidas em curso

“Curso Formação de Empreendedores em Visão Territorial Sustentável” começa nesta quinta-feira (14), em João Pessoa

O desenvolvimento territorial sustentável tem alcançado um grau de importância cada vez maior no cenário econômico, político, social, cultural e ambiental, graças, sobretudo, ao processo de globalização da atualidade, uma das forças impulsoras das mudanças produzidas no nível de consumo da sociedade e no atendimento das expectativas do consumidor moderno. Este cenário vem exigindo que gestores e empreendedores estejam mais preparados para essa nova realidade.


Com esse propósito, o Sebrae Paraíba formatou o “Curso Formação de Empreendedores em Visão Territorial Sustentável”, que terá início nesta quinta-feira (14), das 8h às 12h e das 14h às 18h, no Centro de Educação Empreendedora do Sebrae, em João Pessoa. O curso compreende 09 módulos e todos serão realizados nas quintas e sextas-feiras, a cada 15 dias.

O objetivo do programa é preparar gestores públicos, lideranças políticas e empresariais, empreendedores, consultores e qualquer pessoa interessada em gestão inovadora do século 21, estratégia condizente com o desenvolvimento territorial sustentável e adequada às novas atividades econômicas e experiências de consumo. A gestora de turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, explica a importância dessa qualificação.

“As estratégias alternativas de desenvolvimento para as localidades e regiões faz com que as pessoas, empresas e sociedade passem a ser mais capazes de responder e de vencer os desafios apresentados por novas condições econômicas, com produtos e serviços competitivos para um mercado globalizado. Fazer diferente e melhor é o grande desafio dos pequenos negócios e dos gestores públicos, desafio esse que exige metas mais ousadas e uma permanente atitude inovadora em gestão, processos, produtos e estratégias de negócios, sem abrir mão da sustentabilidade”, destacou a gestora.

De acordo com Regina Amorim, é necessário rever os indicadores de desenvolvimento local e regional, não mais focados somente em emprego, mas na qualidade de vida, pois os atores sociais e econômicos estão reestruturando seus hábitos de produção e consumo, com novas possibilidades e desafios.

“Considerando as condições de infraestrutura, a gestão pública, o capital social, a qualidade de vida e tantas outras variáveis que podem ser avaliadas como forças restritivas ou propulsoras do desenvolvimento local e territorial sustentável, podemos deduzir que o estágio de desenvolvimento de cada município é diferente, mas todos podem evoluir para ser um território criativo e ter uma gestão pública inovadora”, disse a gestora do Sebrae Paraíba.

O curso tem como público-alvo gestores públicos, lideranças políticas e empresariais, empreendedores, consultores e qualquer pessoa interessada no assunto. O investimento para a inscrição no curso de 140 h/aula é de R$ 1.300,00 à vista ou R$ 1.600,00 em 04 parcelas no cartão VISA / MASTER.

Os módulos são divididos por temáticas: 1) o território e o desenvolvimento local; 2) a força da rede empresarial local e regional; 3) capital social e capital humano; 4) território criativo e empreendedorismo; 5) governança e competitividade; 6) liderança e empreendedorismo; 7) gestão inovadora de centros urbanos e a cooperação público-privada; 8) o papel das novas tecnologias da informação e das comunicações na competividade empresarial da região; 9) Criação de novas empresas: a atividade turística como fator de desenvolvimento local e regional.