Sebrae Paraíba registra abertura de mais de 6,3 mil microempreendedores individuais em 2021

Dados da Receita Federal apontam, também, que comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios foram MEIs mais abertos no período

Em menos de dois meses, a Paraíba já conta com 6.334 microempreendedores individuais (MEIs) nascentes, ou seja, que foram abertos este ano. De acordo com dados da Receita Federal, levantados pelo Sebrae Paraíba, do total de novos MEIs que “nasceram” neste ano, 6.223 estão ativos. Os dados revelam, também, que os segmentos que mais registraram aberturas desta categoria de empreendedores neste início de ano foram comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, com 388 novos registros, e cabeleireiros, manicure e pedicure, com 288 novos MEIs. 

 

O levantamento mostra que, somente em janeiro deste ano, foram abertos 4.525 microempreendedores individuais no estado, enquanto em fevereiro foram registradas, até o último dia 13, 1.809 aberturas de MEIs. As cidades que mais concentraram a abertura de novos MEIs no período são João Pessoa (2.200), Campina Grande (922), Santa Rita (227), Patos (186), Bayeux (159), Cabedelo (148) e Guarabira (115), segundo a Receita Federal. 

 

Os dados revelam, ainda, que dentre os principais segmentos que tiveram maior quantidade de MEIs abertos nestes dois primeiros meses de 2021 estão, também, comércio varejista de bebidas (263), comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns (247), promoção de vendas (222), fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar (202) e lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares (162). 

 

Para a gerente do Sebrae Paraíba em Guarabira, Jacy Viana, a opção por se tornar um microempreendedor individual tem sido uma alternativa para as pessoas que sonham em empreender, seja por oportunidade ou necessidade. “A lei traz a oportunidade de montar um negócio sem burocracia, com baixo custo e com inúmeros benefícios para os empreendedores. O período pandêmico vem causando muitos transtornos, entre eles o desemprego. Neste sentido, o empreendedorismo chega como uma saída para geração de renda e manutenção do sustento da família e da dignidade do cidadão”, destacou. 

 

A gerente comentou, ainda, que o número de negócios legalizados em janeiro de 2021 na Paraíba é surpreendente, visto que foram mais de 4.500 negócios abertos. “A cidade de Guarabira está posicionada entre as sete cidades que mais abriram MEIs, sendo 115 só em janeiro. A cidade conta, hoje, com mais de 2.700 empresas abertas, um comércio pujante e os novos negócios vem contribuir, ainda mais, com o desenvolvimento econômico local. O Sebrae tem um papel relevante no fomento ao empreendedorismo através de suas ações e apoio à Sala do Empreendedor do município, responsável pelo processo de legalização e demais serviços relativos aos MEIs”, enfatizou Jacy Viana.