Pesquisa aponta que 88% dos participantes do Programa ALI criaram uma cultura de inovação em 2019

Além disso, 98% avaliaram a qualidade do conteúdo repassado pelos agentes como boa ou excelente

 

Descobrir, junto aos clientes atendidos em 2019, a satisfação e os principais impactos gerados pelo Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), desenvolvido pelo Sebrae Paraíba com o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas pequenas empresas. Esta foi a finalidade da Pesquisa ALI 2019, realizada por meio de entrevistas junto a 86 donos de pequenos negócios do estado, em dezembro do ano passado. Dentre as principais mudanças decorrentes da adoção das propostas feitas pelos agentes está a criação de uma cultura de inovação na empresa por 88% dos entrevistados.

Além disso, a pesquisa revelou que 80% dos clientes que participaram do ALI lançaram um novo produto ou serviço no mercado; 72% desenvolveram novas parcerias e novos métodos organizacionais na área financeira, pessoal ou em outra gestão; 66% alteraram significativamente os seus produtos ou serviços; e 65% desenvolveram novos métodos ou processos de distribuição e de produção. Outra mudança apontada pelos participantes do ALI, decorrente de sua participação no programa, foi a mudança no layout da empresa ou alteração dos métodos de cálculo de preços de bens e de serviços, o que foi constatado por 54% dos entrevistados.

Em relação ao faturamento, 63% dos participantes revelaram aumento no último ano, enquanto 36% afirmaram que permaneceu igual. Ainda, para 62% dos entrevistados, a participação no ALI contribuiu muito para o crescimento do faturamento, enquanto para 33%, a contribuição foi pouca. Em 2019, o Programa, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada, atendeu 520 empresas de pequeno porte paraibanas.

Em mais de dez anos de atuação no estado, já foram beneficiadas mais de 5 mil empresas de diversos segmentos. De acordo com a gestora do programa no estado, Cláudia Pereira, os agentes visitam as empresas e, após realizar um diagnóstico, traçam um plano de ação para expandir a inovação no negócio. “São aplicadas as ferramentas de diagnóstico de gestão, radar da inovação, devolutiva e plano de ação. Cada plano consiste em três ações, no mínimo, que ajudam a aprimorar a empresa e trazer inovação ao estabelecimento”, destacou.

Pousada tem ganhos – A empresária da Pousada e Flats Xavier, localizada em Monteiro, aderiu ao Programa ALI em 2015 e, desde então, tem obtido ganhos após adotar as estratégias sugeridas pelo agente. Em 2019, ela atingiu o ciclo 4, que é o mais alto a ser alcançado por uma empresa participante do programa. De acordo com a gerente administrativa Mariana Evellyne, na época das primeiras visitas do agente ao estabelecimento, verificou-se que a pousada não tinha redes sociais ou planejamento de marketing. “Juntos criamos Instagram, Facebook e o cartão fidelidade do cliente, passando a divulgar mais nossa empresa e serviços”, contou a gerente.

O marketing digital e o relacionamento com o cliente foram as principais ferramentas desenvolvidas na pousada, conforme explicou, alavancando em pontos como gestão empresarial, comunicação, atendimento ao cliente e inovação de ambientes. “O programa ALI   é muito importante para qualquer empresa porque se recebe um agente profissional, que vai acompanhar sua empresa e identificar pontos em que ela pode melhorar. O melhor é que o programa é totalmente gratuito. Só consegui chegar ao ciclo 4 pelo fiel acompanhamento da agente e suas sugestões a partir dos planos de ações”, destacou a gerente.