Artesanato

Bordados paraibanos estarão na Fashion Business no Rio

Dias 16 e 17 de janeiro, artesãs do Agreste paraibano apresentam coleção em um dos maiores eventos de moda do País

Além de apresentar a coleção outono-inverno de grifes nacionais, o principal evento de moda e negócios do Rio de Janeiro, a Fashion Rio, também abre portas para uma coleção exclusiva produzida por artesãs do Agreste paraibano. São bonés, bolsas e peças de vestuário com detalhes em bordado e labirinto, que ganharam estilo e bom gosto pelas mãos das artesãs da Paraíba.

O evento acontece de 15 a 21 de janeiro, na Marina da Glória, e terá como tema o artesanato têxtil e miscigenação cultural brasileira. Em paralelo, acontece também a Feira Fashion Business, onde as artesãs paraibanas vão integrar o estande ‘Talentos do Brasil’ para a apresentação de seus produtos. Lá, elas terão a oportunidade de fazer contatos com grandes compradores nacionais e internacionais.

A maior novidade da coleção, chamada ‘Dois pontos’, é o uso de cores e tecidos nunca antes trabalhados pelas artesãs, como a seda pura e o crepe, segundo explica a gestora do Programa Sebrae de Artesanato, Marielza Rodriguez. O tradicional artesanato produzido em seis comunidades rurais faz parte do projeto ‘Labirinto e Bordado do Agreste e Brejo Paraibano’, entre elas: Chã dos Pereira e Pontina (em Ingá), Serra Rajada (em Riachão do Bacarmarte), Alagoa Nova, Juarez Távora e Serra Redonda.

“Com esta oportunidade, as artesãs poderão negociar seus produtos e apresentá-los num evento nacional, onde estarão presentes os grandes lojistas de atacado do País. Assim, serão garantidas encomendas e, portanto, muito trabalho e renda para as labirinteiras e bordadeiras”, completa Marielza.

Os bordados e as formas do labirinto, inspiradas nas fachadas da arquitetura popular e ícones das microrregiões do Agreste e Brejo, serão apresentados em peças como xales, vestidos e saias longas. Os acessórios, que seguem uma linha urbana e de moda praia feminina, são bolsas e bonés, que também contarão com design diferenciado e formatos modernos.

Agregando valor

A coleção é fruto de um trabalho que envolveu 50 artesãs dos municípios de Alagoa Nova, Ingá, Riachão do Bacamarte, Serra Redonda e Juarez Távora. Elas participaram de oficinas práticas com os estilistas Renato Imbroisi e Liana Bloisi. As capacitações foram promovidas pelo projeto ‘Talentos do Brasil’, uma parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Sebrae.

O projeto é de cunho social e sustentável e pretende gerar renda por meio do artesanato e promover intervenções de design nas criações. Além da expectativa de boas vendas, a labirinteira Eliane Ribeiro considera que a experiência de agregar o design ao artesanato vai ficar marcada na sua cooperativa. “A gente trabalhava com uma variedade limitada de linhas e tecidos e agora a gente vê uma mudança no visual do nosso produto, ele ficou mais ágil de fazer e tem maior aceitação no mercado”, comenta.

Ela ainda explica que as peças que costumava produzir antes, como colchas e passadeiras, demoravam a ser finalizadas por conta de seus tamanhos e ainda eram difíceis de ser vendidas. Eliane representará 21 mulheres da Cooperativa Mista Agroartesanal de Juarez Távora no evento.

À frente da Associação das Bordadeiras de Serra Redonda estará a artesã Evanilda Farias, conhecida como dona Dida. Ainda participam da caravana a representante do programa ‘A Paraíba Em Suas Mãos’, Ladjane Barbosa, e a modelista da coleção Dois Pontos, Adriana Aires.

Serviço:
Sebrae na Paraíba – (83) 3218-1000