Sebrae Paraíba integra Comitê Gestor da Aquicultura no estado

Grupo foi formado para desenvolver o setor na Paraíba

 O Sebrae Paraíba, em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), a Associação dos Carcinocultores da Paraíba, a Sedap, o Senar, a Empaer, entre outras instituições, participou, na tarde dessa quarta-feira (18), da formação do Comitê Gestor da Aquicultura da Paraíba. O encontro foi promovido no Centro Administrativo Estadual, na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), e contou com representantes das principais instituições que formam o grupo.

De acordo com o representante do Sebrae Paraíba no Comitê, o analista técnico Jucieux Palmeira, o objetivo do grupo é desenvolver projetos e ações visando ao fortalecimento da aquicultura em todo o estado. Conforme explicou, o comitê se reunirá a cada 30 dias para discutir as estratégias e acompanhar o desenvolvimento das ações de fomento ao setor promovidas pelas instituições participantes e os beneficiados, a exemplo de produtores.

“Teremos, com este Comitê, um espaço de diálogo apropriado para construir, coletivamente, o desenvolvimento sustentável do setor na Paraíba. Para isso, consideraremos o capital humano, social, natural e financeiro, para criar ações que promovam a geração de emprego e renda com os recursos disponíveis”, salientou Jucieux Palmeira.

O secretário executivo da Sedap, Jeronimo Arlindo da Silva Junior, comentou sobre a importância setor para o estado. “A aquicultura, que engloba peixe, camarão e ostra, tem sido um dos segmentos mais importantes da economia paraibana. O estado tem produzido duas toneladas e meia de camarão anualmente. Isso acrescenta ao PIB da Paraíba R$ 52 milhões, fazendo com que a Paraíba ocupe o 4º lugar na produção de camarão em nível nacional”, disse.

Na Paraíba, os municípios que se destacam na aquicultura são Itabaiana, com a produção de camarão; Bananeiras, com a produção de peixe; e Rio Tinto, com a produção de ostra.